Alessandra Campêlo destina R$ 1,9 milhão em emendas para Educação em 2020

A educação será uma das prioridades do mandato da deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) em 2020. Para isso, a vice-presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) contribuirá com aproximadamente R$ 1,9 milhão em emendas impositivas ao Orçamento do Estado, beneficiando estudantes de todas as idades que moram na capital e municípios do interior, como Parintins, Borba e Manacapuru.

A ilha dos bois Garantido e Caprichoso, por exemplo, será contemplada com R$ 448 mil para a locação de transporte escolar de estudantes do ensino fundamental. O recurso será liberado mediante convênio entre o governo e a prefeitura. Parintins também receberá por indicação da deputada Alessandra mais R$ 100 mil para o IFAM investir na construção da Unidade Educativa de Produção de Organismos Aquáticos.

O município contará ainda com R$ 100 mil para o Instituto Cultural Ajuri (Inca) realizar o Projeto EducArte Parintins, com aulas de reforço escolar e educação artística e ambiental para alunos do ensino fundamental em situação de vulnerabilidade social, e R$ 100 mil para a Associação de Moradores do Bairro Itaúna 2 realizar cursos de qualificação profissional.

Ainda no interior do Amazonas, Borba terá R$ 150 mil para execução de um projeto de reforço escolar a ser ministrado pelo Instituto Jovens do Futuro (IJF). O público alvo são alunos do ensino médio e o projeto deve durar seis meses. Já o campus da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) de Manacapuru receberá R$ 50 mil para aquisição de material para o laboratório multidisciplinar do Núcleo de Ensino Superior.

Manaus

Dos recursos destinados pela deputada, boa parte ficará para ações na capital. A cidade terá R$ 200 mil para um projeto de reforço escolar de 200 crianças do ensino fundamental a ser desenvolvido pelo Instituto Jovens do Futuro. A Seduc terá R$ 150 mil para ajudar na viabilização do projeto “Teatro nas Escolas”, enquanto a Academia Amazonense de Letras foi contemplada com R$ 100 mil para o programa “Academia de Portas Abertas/Ciclo de Palestras”.  Manaus terá ainda mais R$ 100 mil para realização de um projeto de qualificação profissional, a ser desenvolvido pelo Instituto Gaviam da Amazônia.

A Faculdade de Informação e Comunicação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) foi contemplada com R$ 100 mil, que serão usados para modernização dos laboratórios e melhoria das condições de ensino e aprendizagem no processo de formação.

Abrangência estadual

A deputada Alessandra também destaca o apoio de R$ 300 mil ao projeto “Uma vitória leva a outra”, desenvolvido pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e ONU Mulheres. A iniciativa visa a implementação de atividades educacionais para alunos do ensino médio, com foco no desporto escolar, para tratar de questões sociais e econômicas e reduzir a vulnerabilidade de crianças e adolescentes em risco.