Governo Federal determina a permanência da Força Nacional na Amazônia

Os militares atuarão nas unidades de conservação federais, com ênfase no combate ao desmatamento, à extração ilegal de minério e madeira e à invasão de áreas.

Em apoio às ações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Governo Federal determinou a permanência, por mais 180 dias, da Força Nacional de Segurança Pública, na Amazônia.

Os militares atuarão nas unidades de conservação federais, com ênfase no combate ao desmatamento, à extração ilegal de minério e madeira e à invasão de áreas.

O número de militares disponibilizados obedece ao planejamento definido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. A portaria de prorrogação foi publicada hoje, 14, no Diário Oficial da União.

As ações acontecem até 11 de abril de 2021. A Força Nacional combate crimes ambientais na Amazônia desde 2018 e, desde então, o governo vem fazendo as prorrogações para manter o efetivo na região.

Fonte: Portal Amazônia.com